Fábrica de ideias

O mundo tem as pessoas e a tecnologia necessárias para resolver qualquer problema. Queremos ser o catalisador dessas soluções no âmbito da educação e do conhecimento, conectando professores a alunos, a curiosidade ao saber, a escola ao mundo.

Olimpíadas

Experiências de desafio e fascínio cultivam a autonomia e a criatividade de alunos e professores. Isso se reverte rapidamente em atitudes transformadoras na educação.

Professores

O professor tem papel central nas transformações do ambiente de aprendizagem. Sua capacitação e qualificação determinam práticas que podem revolucionar a sala de aula.

Projetos de ensino

A parceria e aproximação entre a iniciativa privada e a pública podem viabilizar projetos inovadores e democráticos de ensino e aprendizagem.

Quem somos

O mundo tem as pessoas e a tecnologia necessárias para resolver qualquer problema. Queremos ser o catalisador dessas soluções no âmbito da educação e do conhecimento, conectando professores a alunos, a curiosidade ao saber, a escola ao mundo.

Entre suas principais atividades estão:

1 - A promoção de olimpíadas de conhecimento

2 - O fomento da aproximação entre escola e universidade por meio de cursos, workshops e treinamentos que contribuam para a integração entre a produção de conhecimento e a prática escolar

3 - A aproximação filantrópica entre a iniciativa privada e projetos inovadores no ensino e divulgação de conhecimento científico

Olimpíadas de Conhecimento

As Olimpíadas de Conhecimento existem desde o fim do século XIX em várias áreas: Matemática, Astronomia, Geografia, Física, Química, Informática, Biologia, etc. Esses eventos, apoiados pela Unesco, cumprem três nobres metas: estimular e disseminar o interesse científico nos jovens, desenvolver talentos e autonomia intelectual nos estudantes e provocar transformações transversais na qualidade de ensino em todos os níveis.

Assim, por meio de experiências de desafio e fascínio (pelas estrelas, pelas culturas, pelas estruturas matemáticas, etc.) são cultivadas a autonomia e a criatividade de alunos e professores, que se revertem rapidamente em atitudes transformadoras nos diversos meios educacionais.

Existem Olimpíadas voltadas a alunos do Ensino Básico (Fundamental e Médio) e algumas também voltadas a alunos do Ensino Superior.

No Brasil, as olimpíadas existem desde 1979, com a Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). A partir do fim da década de 1990, começaram a surgir outras olimpíadas nacionais, inspiradas nas já existentes olimpíadas internacionais. São o caso das olimpíadas de Química, Astronomia e Física.

Em 2005, surgiu uma olimpíada voltada exclusivamente para escolas públicas, a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), organizada diretamente pelo Ministério da Educação (MEC) e que hoje conta com mais de 17 milhões de participantes por ano. Em 2017 a OBMEP e a OBM uniram esforços, e alunos de escolas particulares podem agora participar da OBMEP.

Hoje, existem olimpíadas dos mais diversos assuntos (de história do Brasil a robótica, de linguística a agropecuária) e em diferentes níveis: escolar, municipal, estadual, nacional e internacional.

Nós do Instituto Vertere acreditamos nas olimpíadas como uma estratégia muito hábil para impactar positivamente a educação no país. Mesmo antes da existência do Instituto, diversos dos seus membros estiveram envolvidos na fundação de olimpíadas nas áreas de astronomia, geografia, biologia, etc. Nossa contribuição para as olimpíadas centra-se nos seguintes aspectos:

 

Formação de professores

O Instituto Vertere acredita no papel central do professor como agente de profundas transformações no ambiente de aprendizagem. Além de capacitação e qualificação, encorajamos estratégias disruptivas que revolucionem a sala de aula. Temos convicção de que professores motivados são capazes de despertar o encantamento nos estudantes, e a neurociência se encarrega de demonstrar que o envolvimento é essencial para uma aprendizagem mais eficaz.

Fazem parte de nossas estratégias:

1) Identificar ou colaborar na identificação de talentos para a docência em alto desempenho, bem como atrair melhores talentos para a área educacional;

2) Desenvolver, replicar ou disseminar ferramentas e técnicas, tecnológicas ou não, que auxiliem o professor na missão de transmitir o conhecimento com densidade;

3) Pesquisar e aplicar técnicas de treinamento de professores que impactem decisivamente na sua forma de liderar seus alunos para o sucesso;

4) Desenvolver materiais didáticos convencionais e não convencionais que tragam novidades na forma de ensinar, ocupando lacunas deixadas pela educação convencional;

5) Patrocinar eventos (ou a participação em eventos) centrados na capacitação de professores.

Projetos de ensino

Queremos formar uma rede de entidades e pessoas patrocinadoras de projetos inovadores de ensino e de disseminação do conhecimento.

Uma ponte entre a iniciativa privada e a pública é necessária para dar visibilidade e suporte a iniciativas que democratizem o acesso a educação.

Para fazer parte dessa rede, entre em contato conosco.